Max Factor, uma História de Sucesso

Vira e mexe minha vó me conta a história de quando ela era consultora de uma marca de cosméticos chamada Max Factor em uma famosa loja de departamentos em São Paulo. Isso lá pelos anos 50, quando não havia tantas marcas nem tantas lojas assim, a Max Factor foi uma das pioneiras no ramo.

Propaganda antiga de batom

O que as pessoas não sabem é que Maximilian Faktorowicz foi um maquiador de origem polonesa, que começou sua carreira maquiando os integrantes do Royal Ballet na Rússia, ele montou uma pequena loja de maquiagens no centro teatral na cidade de Los Angeles na Califórnia em 1909.

Ele inovou na criação de batons, que antes eram chamados de pastas labiais e derretiam com o calor, o que foi crucial na história do cinema, pois as luzem dos sets promoviam alta temperatura  nos estúdios.

Max Factor em Hollywood
 
"O pai do make moderno" ele foi pioneiro em várias coisas: a usar o termo “makeup” e a aplicar o conceito da harmonia de cores, criando maquiagens específicas pra combinar com os tons de pele, de cabelo e dos olhos das mulheres. Ele também foi o primeiro profissional de maquiagem para imagens em movimento, e o primeiro a produzir cílios postiços, gloss, Pan-Cake, lápis de sobrancelha,  corretivo, máscara com aplicador em bastão e a maquiagem à prova d’água, UFA!
 
 
 
 
Desde a década de 20 a marca é até hoje a queridinha das mulheres no mundo todo, chegou ao Brasil em meados da década de 50. Recentemente foi lançado o livro Max Factor – O homem que mudou as faces do mundo” pela Matrix Editora.
 
 


Algumas informações retiradas do site Mundo das Marcas
Imagens no site oficial: www.maxfactor.com
 
*


Um comentário:

  1. Uau, que post interessante! Confesso que não sabia da existência da marca, muito menos do maquiador. Gostei muito do post :)
    Beijo, tenha uma ótima semana
     Just Carol

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar no meu blog, faço o possível para responder todos os comentários!