VINTAGE: Uma Viagem pela Páginas da Capricho

   As adolescentes de hoje em dia não sabem, mas a revista que elas tanto amam, a Capricho existe desde 1952 e provavelmente já era lida por suas avós.

*A revista não tinha muitas matérias, só histórias.

   Minha avó sempre me fala que adorava ler as historinhas românticas da Capricho, isso mesmo, antigamente era uma revista de fotonovela! Ela me conta que era meio cara para seus padrões, então sempre esperava alguma prima ou amiga ler para depois pegar emprestado ou ganhar, ela me fala que chegou a colecionar e guardar por uma período, mas com o tempo elas foram se deteriorando e ficando esquecidas, talvez até jogadas fora. Fico aqui pensando se elas tivessem sido guardadas, hoje em dia iria valer um dinheirão na mão de colecionadores, hehehe...


* As páginas eram em preto em branco

   Eu adoraria ter uma Capricho antiga, para colocar em uma moldura como quadro ou até mesmo para guardar. Acredito que nessas feiras de antiquidades tenha pra vender, se não me engano já vi naquela feira de Domingo da Av. Paulista(Trianon).

* O conceito de beleza muda com o tempo

   Olha como o conceito de beleza muda, na primeira foto se fosse hoje em dia já teria se utilizado do Photoshop e na segunda a sobrancelhas da modelo eram uito grossas.


* O conceito cultural também muda com o tempo

   Antigamente os jovens eram bem mais inocentes, detalhe para as fotos acima, hoje em dia só falta aparecer uma modelo pelada na capa da Capricho!

Bom, é isso! Espero que tenham gostado, este post foi inspirado nesta matéria do blog da Editora Abril, as imagens também retirei de lá, então para ver mais imagens e curiosidades, acessem o site!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar no meu blog, faço o possível para responder todos os comentários!